domingo, 21 de maio de 2017

NOTURNO

foto e poema Luis Romariz
 Na varanda do jardim
de longa túnica branca
e o suave rosto inclinado

O crepúsculo invade-lhe a alma
a hora em que sua sensibilidade a alma
se liberta, numa intensa
carga lírica e sentimental....

O crespúsculo  adormece no seio da noite
e a sua maravilhosa expressão
é um convite de confidências íntimas
de amor, nostalgia, dor....

Impossível descrever sensações
de uma tão grande intimidade
que só a noite, é amante,
é confidente...



Pensamento:
A consciência da nossa própria força, faz-nos modestos.

17 comentários:

  1. Oi Zumira,
    Linda poesia do seu marido
    Lindo crepúsculo do anoitecer, ele beija o mar, as árvores e as areias do deserto, a noite é frio propício para o amor numa cabana com lareira e velas.kkk
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  2. Excelente poema!Amei

    Beijos...Passe no meu blogue que comer uma fatia de bolo, :)

    ResponderEliminar
  3. Muito bom para acabar a semana =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Olá Mira,Todo um encanto registrado em um belo poema.Bjs

    ResponderEliminar
  5. Boa noite, querida Zulmira!
    A noite nos dá muita inspiração e sonhos sem limites...
    Muito bonito!
    Bjm fraternal

    ResponderEliminar
  6. Belíssima foto e óptimo mote para a vida!
    Também gostei muito da foto na vossa biblioteca :)

    ResponderEliminar
  7. Mais uma belíssima inspiração... com a noite como confidente... e às vezes, até como boa conselheira... quando nela paramos, a pensar no nosso dia...
    Boa semana para ambos! Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  8. Belíssimo poema.
    Beijos e tenha uma semana iluminada.
    Ângela

    ResponderEliminar
  9. Um poema lindíssimo com um belo olhar!
    Viva ao poeta ... boa semana!!!

    ResponderEliminar
  10. Os meus parabéns ao srº. seu marido.
    Gostei imenso.
    O seu marido tem uma grande sensibilidade
    poética.
    Bjs,
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  11. Um por-do-sol também inspirador que o poeta soube tão bem descrever em seus versos.
    Obrigada pela beleza da postagem
    Abraços

    ResponderEliminar
  12. A noite, eterna confidente "cantada" neste magnífico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. boa tarde Mira,
    Um grande poema e uma foto maravilhosa.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  14. Parabéns ao Poeta!!! Adorei

    Beijo- http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. E o crepúsculo trouxe inspiração para esta maravilhosa poesia.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar